As redes sociais mais opressoras do planeta

Você acha que algumas redes sociais são locais confiáveis para se postar o seu conteúdo para ele ficar sempre disponível para os seus usuários? Engana-se!
As redes sociais são governadas por empresas que visam lucros e não valores democráticos. Muitas delas fazem sistemas de denúncia que possibilitam denuncias fakes causarem banimento de seus usuários ou usam algoritmos de inteligência (ou seria burrice) artificial para qualificarem qualquer coisa como imprópria levando qualquer pessoa a ser banida por qualquer futilidade. Vejam o Ranking que nós elaboramos das redes sociais mais opressoras do mundo, você só pode entrar para curtir mas já mais se manifestar de forma contundente.

O Facebook é o estado da arte da opressão e da censura, a empresa que foi acusada por compartilhar dados de usuários com outras empresas é valente quando o assunto é bloquear usuários pequenos que usem em suas manifestações palavras-chaves contendo palavras que sejam ligadas a assuntos políticos atuais , palavrões ou sexo. Se você em um dia de protestos do Black Live Matters, fazer um post a rede social escrevendo que você está com vontade de comer chocolate diamante NEGRO, pode ser que seja bloqueado por 30 dias… Se você na segunda feira dizer em um post que está morto de fome por ter saído de casa sem comer nada, pode ser que seja bloqueado por mais 30 dias por apologia ao suicídio. Se você convidar alguém da rede para jogar xadrez ou comer um estrogonofe , pode ser marcado como uma pessoa que defende a Rússia… Enfim, não vale a pena mais você ter um Facebook se você não agir como uma samambaia pendurada num lugar sem se manifestar sobre nada.

O Youtube é uma rede social onde todo mundo denuncia todo mundo, o mais divertido é que o e-mail de quem denuncia o seu vídeo chegar para você e você saber quem foi no caso de direitos autorais. Se você por exemplo, começar a cantarolar Like a virgen da Madonna no meio de um vídeo, o Youtube pode lhe notificar por direitos autorais e remover o seu vídeo. Se no momento da gravação do seu vídeo, o caminhão de gás estiver passando na sua rua com aquela musiquinha chata dele, os direitos autorais do Youtube vai atrás do seu canal até um dia bloqueá-lo. Se você nos seus vídeos falar que vacina que tomou na bunda está doendo, pode ter o vídeo apagado, se você também falar que está morto de cansado enquanto transmite o vídeo, pode ser bloqueado por intensivo ao suicídio. Você não pode gravar vídeos que se pareçam com outros canais, não pode fazer paródia ou mesmo pode falar palavrões, quem fala palavrões no Youtube pode ter seu vídeo classificado como inapropriado. Se por exemplo você usar uma camisa de uma determinada marca famosa nos vídeos postados no Youtube, pode ser que o Youtube queira lhe notificar por direitos autorais em nome daquela marca. O Youtube, assim como várias empresas americanas, quando vê que você tem uma lista de infrações cometidas, mesmo que falsas, ele pode não lhe avisa mas sim começa a dar erros em várias operações que você faz na plataforma mandando você aguardar infinitamente sem dizer que na verdade a empresa está lhe punindo.

Em termos de autoritarismo com os usuários o Tiktok costuma ser mais agressivo até mais do que o Twitter. Grupos de adolescentes bardeneiros se organizam para fazerem denúncias falsas em cima de conteúdo e canais que eles não gostam e o Tiktok acata. Se você por exemplo postar uma foto reclamando da feiura do seu pé e alguém não gostar, logo logo a foto será considerada inapropriada pelas “diretrizes da comunidade” e será bloqueada, você irá entrar nela e verá que sofreu uma denúncia por bullying por ter falado mau do seu próprio pé. Se você posta algum vídeo sobre algum posicionamento político, o vídeo logo é falsamente denunciado como “conteúdo sexual” ou “bullying” e em seguida é bloqueado, você até pode recorrer e no fim o Tiktok pode desbloquear o vídeo mas mesmo assim ele vai contabilizando os vídeos denunciados, mesmo que provadas falsas as denúncias sobre eles, num determinado momento, o Tiktok exclui a sua conta levando em consideração para tal mesmo as denúncias revertidas. Por exemplo: se 9 vídeos seu sobre flores foi denunciado como “conteúdo sexual” e você reverter o bloqueio de todos eles, o décimo vídeo denunciado falsamente da sua conta, poderá acarretar o seu bloqueio definitivo.
Enquanto isso, adolescentes fazem lives em grupos dentro da plataforma para perseguirem outros usuários que estão fazendo lives, eles entram na live das outras pessoas para fazer deboche, gozação, racismo e nada sofrem, além disso ganham mais seguidores.
Outra coisa lamentável no Tiktok é que enquanto as pessoas praticam bullying real em lives sem serem punidas, é normal na plataforma aparecer pessoas que gostam de maltratar animais ou colocá-los em situações precárias para os seus seguidores visualizarem, inclusive as vezes os comendo vivos.
Se você posta um documentário histórico mostrando por exemplo o nazismo, a plataforma já te bloqueia devido à denuncias de violências, enfim, o Tiktok tem bastante engajamento mas você só pode fazer dancinha estúpida, se não, é denunciado por bullying ou conteúdo sexual.

O Twitter até que não é tão opressor se comparado a outras redes sociais, mesmo assim o ambiente vira e mexe mostra o seu lado opressor quando interesses identitários norte americanos são violados. Essa rede foi capaz de bloquear o perfil do presidente norte americano Trump, imagine o que ela pode fazer com um simples mortal. Se você por exemplo posta uma frase sexual, eles deixam o conteúdo sendo mostrado para você mas para os outros ele pode ser ocultado, se você posta uma resposta a uma pessoa, para a sua resposta não ficar em envidência como ficava antes, ele coloca a sua resposta numa ordem bizarra qualquer para que o seu tweet não seja visualizado. Por exemplo, se fulano postou algo polêmico e 10 pessoas responderam depois, seria normal que o comentário da décima primeira pessoa ficasse no topo até a décima segunda pessoa comentar e assim sucessivamente, mas não, o comentário da décima primeira pessoa vai pro meio, o da segunda pessoa sobe o ultimo fica perdido, tudo para a ordem natural das postagens não tem influência nos comentários. Outra coisa opressora também acontece ao se postar conteúdo de mídia russa na plataforma, o próprio Twitter as vezes tampa a notícia advertindo que aquela fonte é de uma agência russa, dando a entender que ela é perigosa. Tipo aviso de vírus de computador, sabe? Se a fonte for norte americana, por pior que seja, a plataforma não adverte em em nenhum momento.

Resumindo, das redes sociais que eu venho usando ultimamente, a menos repressora de todas, sem dúvida nenhuma é o VK Russo em www.vk.com.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


FOFOCAS
JavaNunes · Hetero da TIM - Brasil
JavaNunes · No hospital na sala de putaria
JavaNunes · Vai fazer cocô o dia inteiro e colocar comida pra fora